CCR ViaSul

Sobre a CCR ViaSul

A CCR ViaSul administra 473,4 quilômetros de rodovias no Rio Grande do Sul, conectando pontos de maior relevância econômica no Estado. Passando por 36 cidades, os trechos que estão sob a responsabilidade da concessionária são: 

- BR 101: 87,9 quilômetros entre Torres e Osório
- BR 290 (Freeway): 98,1 quilômetros entre Osório e Porto Alegre
- BR 386: 265,8 quilômetros entre Carazinho e Canoas e Carazinho
- BR 448: 21,6 quilômetros entre Sapucaia do Sul e Porto Alegre 

O Grupo CCR assegurou a concessão da Rodovia de Integração do Sul (RIS) em novembro de 2018, em leilão realizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Em 14 de fevereiro de 2019 a concessão foi assumida pela CCR ViaSul, empresa de propósito específico criada exclusivamente para administração, manutenção, operação e duplicação dos quatro trechos rodoviários. 

A concessão contará com 7 praças de pedágio (1 na BR 101, 2 na BR 290 e 4 na BR 386), 14 bases operacionais – sendo sete do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) –, equipes de resgate em UTIs Móveis, além de outros equipamentos convencionais de atendimento, como guinchos e veículos de inspeção. A CCR ViaSul faz, ainda, a operação do vão móvel da ponte do Guaíba, na BR 290 e do túnel Morro Alto, entre os kms 67 e 69 da BR 101, localizado no município de Maquiné (RS).

Entre as principais obras previstas em contrato estão a duplicação de 225 km de rodovias, além da recuperação do pavimento e da sinalização em todo o trecho. Com isso, a concessionária deverá gerar mais de 2 mil empregos diretos no Rio Grande do Sul nos dois primeiros anos de concessão. A CCR ViaSul também implantará importantes serviços e modernos equipamentos, que irão ampliar a segurança e o conforto dos usuários.

A concessionária vai instalar iluminação ao longo de 172 km de rodovia, em áreas de travessia urbana, passarelas e em interseções. Além disso, a CCR ViaSul vai implantar um amplo sistema de monitoramento da rodovia, com a instalação de mais de 1,1 mil câmeras, o que permitirá que não haja nenhum ponto cego ao longo dos 473 quilômetros concedidos.

A concessionária iniciou a operação em 15 de fevereiro, na Freeway. Os usuários desta rodovia, e trecho da ponte do Guaíba, têm à disposição atendimento de emergência médico e mecânico acionados por meio do Disque CCR ViaSul 0800 000 0290, bases operacionais e Serviço de Atendimento ao Usuário.

A cobrança do pedágio acontece nas praças de Santo Antônio da Patrulha (km 19), em sentido único, e em Gravataí (km 77), em ambos os sentidos. 

Nos demais trechos a operação está prevista para seis meses, e a cobrança da tarifa nas demais praças de pedágio para 12 meses.