CCR ViaSul

Sobre a CCR ViaSul

A CCR ViaSul administra 473,4 quilômetros de rodovias no Rio Grande do Sul, conectando pontos de maior relevância econômica no Estado. Passando por mais de 30 cidades, os trechos que estão sob a responsabilidade da concessionária são: 

- BR 290 (Freeway): 98,1 quilômetros entre Osório e Porto Alegre
- BR 101: 87,9 quilômetros entre Osório e Torres
- BR 386: 265,8 quilômetros entre Canoas e Carazinho
- BR 448: 21,6 quilômetros entre Porto Alegre e Sapucaia do Sul

O Grupo CCR assegurou a concessão da Rodovia de Integração do Sul (RIS) em novembro de 2018, em leilão realizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Em 14 de fevereiro de 2019 a concessão foi assumida pela CCR ViaSul, empresa de propósito específico criada exclusivamente para administração, manutenção, operação e duplicação dos quatro trechos rodoviários. 

A concessão contará com 7 praças de pedágio (1 na BR 101, 2 na BR 290 e 4 na BR 386), 14 bases operacionais – sendo sete do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) –, equipes de resgate em UTIs Móveis, além de outros equipamentos convencionais de atendimento, como guinchos e veículos de inspeção. A CCR ViaSul fará, ainda, a operação do vão móvel da ponte do Guaíba e operacionalizar, em Centro de Controle Operacional específico, o túnel entre os kms 67 e 69 da BR 101, localizado no município de Maquiné (RS).

Entre as principais obras previstas em contrato estão a duplicação de 225 km de rodovias, além da recuperação do pavimento e da sinalização em todo o trecho. Com isso, a concessionária deverá gerar mais de 2 mil empregos diretos no Rio Grande do Sul nos dois primeiros anos de concessão. A CCR ViaSul também implantará importantes serviços e modernos equipamentos, que irão ampliar a segurança e o conforto dos usuários.

A concessionária vai instalar iluminação ao longo de 172 km de rodovia, em áreas de travessia urbana, passarelas e em interseções. Além disso, a CCR ViaSul vai implantar um amplo sistema de monitoramento da rodovia, com a instalação de mais de 1,1 mil câmeras, o que permitirá que não haja nenhum ponto cego ao longo dos 473 quilômetros concedidos.

A concessionária iniciou a operação em 15 de fevereiro, na Freeway. Os usuários desta rodovia, e trecho da ponte do Guaíba, têm à disposição atendimento de emergência médico e mecânico acionados por meio do Disque CCR ViaSul 0800 000 0290, bases operacionais e Serviço de Atendimento ao Usuário.

A cobrança do pedágio acontece nas praças de Santo Antônio da Patrulha (km 19), em sentido único, e em Gravataí (km 77), em ambos os sentidos. 

Nos demais trechos a operação está prevista para seis meses, e a cobrança da tarifa nas demais praças de pedágio para 12 meses.